IFE.H2 02

Informativo Eletrônico – Geração de Energia com Hidrogênio nº 02 – publicado em 25 de setembro de 2020.

IFE: Informativo Eletrônico de Mobilidade Elétrica – GESEL-UFRJ <!–

l

IFE: nº 02 – 25 de setembro de 2020
http://gesel.ie.ufrj.br/
gesel@gesel.ie.ufrj.br

Editor: Prof. Nivalde J. de Castro

Índice

Mercado
1 Hidrogênio verde é apontado como recurso importante em plano de recuperação Português
2 Como a queda nos custos da energia solar renovou as esperanças de hidrogênio limpo
3 Chile quer replicar com o hidrogênio o sucesso das energias renováveis
4 Província investe em hidrogênio para ajudar na transição para energia mais limpa
5 Iniciativa visa o investimento de bilhões em hidrogênio na Noruega
6 Equipe franco-alemã visa impulsionar a produção de hidrogênio
7 Covid-19 deve acelerar transição do consumo de petróleo para combustíveis limpos
8 Projeto industrial de produção de hidrogênio em Sines (Portugal) deve começar em 2021
9 Projeto de hidrogênio apoiado pelo DOE em andamento no Texas

10 O grande “reset” da pandemia faz as empresas de energia investirem mais em energias renováveis
11 O hidrogênio verde é a chave para unir progresso econômico e sustentabilidade

12 Mais estações para veículos a células a combustível de hidrogênio alinhadas para San Diego
13 Absolut Reports realiza análise do mercado hidrogênio incluindo tamanho, participação, principais motivadores, oportunidades de crescimento e tendências de 2020 a 2024
14 SPR revela projeto de hidrogênio verde em Glasgow
15 Relatório da National Maritime Foundation sobre o Hidrogênio: A opção de escolha para a Índia
16 EERA e Hydrogen Europe Research publicam documento com um conjunto de Indicadores-Chave de Desempenho (KPIs) para tecnologias de hidrogênio
17 A Korea Gas Corp. quer ter um papel maior no acordo verde do governo
18 Austrália Ocidental abre chamada pública global para complexo de produção e exportação de hidrogênio verde
19 Whyalla é cotada como o lar do hidrogênio

Tecnologia e Inovação
1 A ‘revolução’ da tecnologia do hidrogênio é esperança ou exagero?
2 Empresa Japonesa e institutos de pesquisa desenvolvem primeiro drone movido a hidrogênio
3 A Ballard, empresa Chinesa especializada em soluções para células a combustível, lança a FCgen ® -HPS
4 Pesquisadores produzem hidrogênio a partir de biossólidos
5 Emerson apresenta novo medidor de fluxo para dispensação de hidrogênio de alta pressão
6 Departamento de Energia Anuncia Prêmio Multiagências para Projeto da Indústria de Desenvolvimento de Veículo de Ajuda em Desastres

7 Os pesquisadores desenvolvem um catalisador barato e duradouro para extrair hidrogênio da água
8 Moldes HP-RTM de fechamento automático dão forma a tanques de hidrogênio

Mobilidade
1 SAIC assume grande compromisso com o hidrogênio
2 Haskel Hydrogen Systems e ATCO trabalham juntas para aumentar a mobilidade do hidrogênio
3 Célula a combustível já é uma tecnologia produzida e exportada
4 Hyundai lança campanha para destacar a sua liderança na tecnologia de Fuel Cell

5 Os gigantes do petróleo da Ásia estão planejando um futuro com menos petróleo e mais hidrogênio
6 Talgo apresenta sistema de propulsão para veículos ferroviários à base de hidrogênio
7 Ônibus de Glasgow serão verdes em novo projeto de combustível de hidrogênio limpo
8 Luz verde para o projeto de energia de hidrogênio de Nottinghamshire

9 Investir em trens de hidrogênio colocará a recuperação verde do Reino Unido em um caminho rápido

10 Por que hidrogênio é considerado o future da mobilidade na Europa
11 Portugal e Holanda assinam acordo para produção de hidrogénio já na próxima semana

Eventos
1 H2IQ hour 29 de setembro: como a manufatura avançada está ajudando a atender às necessidades de hidrogênio e células de combustível
2 GESEL terá participação no 1º Congresso Brasil-Alemanha de Hidrogênio Verde

Artigos e Estudos
1 Visão do hidrogênio da União Europeia: Oportunidades e desafios regulatórios
2 Daimler apresenta caminhão a hidrogênio
3 Como as células a combustível podem tornar uma rede elétrica mais confiável



 

 

Mercado

1 Hidrogênio verde é apontado como recurso importante em plano de recuperação Português

Antonio Costa Silva apresenta ao Governo Português proposta para Programa de Recuperação Econômica e Social 2020-2030, na qual ressalta a importância de recursos endógenos como hidrogênio verde ou lítio para a transição energética e para a evolução futura da economia portuguesa. “Apesar das tecnologias de produção do hidrogênio ainda não terem atingido a maturidade comercial e enfrentarem um desafio para a redução dos custos de produção, a importância do hidrogénio, para o futuro mix energético, deve ser reconhecida”, disse o gestor, que foi incumbido pelo primeiro-ministro de fazer uma análise independente sobre a economia portuguesa. (Eco – 09.07.2020)

<topo>

2 Como a queda nos custos da energia solar renovou as esperanças de hidrogênio limpo

À medida que as nações fazem cálculos difíceis sobre como cumprir suas metas climáticas, o hidrogênio verde parece cada vez mais essencial. O plano climático do candidato à presidência dos EUA, Joe Biden, prevê um programa de pesquisa para produzir uma forma limpa de gás que seja barata o suficiente para abastecer usinas elétricas em uma década. Da mesma forma, Japão, Coreia do Sul, Austrália, Nova Zelândia e União Europeia publicaram roteiros de hidrogênio que dependem dele para acelerar as reduções de gases de efeito estufa nos setores de energia, transporte ou industrial. (MIT Technology Review – 07.08.2020)

<topo>

3 Chile quer replicar com o hidrogênio o sucesso das energias renováveis

O governo Chileno espera fazer a mesma revolução com o hidrogênio verde, depois de derrubar o custo da geração solar e não depender mais da importação de energia renováveis. Uma alternativa limpa aos combustíveis fósseis que – ao contrário das energias solar e eólica – pode ser usado a qualquer momento do dia ou da noite e em quaisquer condições de clima. O objetivo do governo chileno é produzir hidrogênio verde por menos de US$ 1,50 o quilo até 2030, preço que seria altamente competitivo nos mercados internacionais e permitiria ao país substituir outros combustíveis. (Canal Energia – 01.09.2020)

<topo>

4 Província investe em hidrogênio para ajudar na transição para energia mais limpa

O Governo da Colúmbia Britânica alocou US $ 10 milhões para a construção e operação de 10 estações de abastecimento de hidrogênio na província, bem como três anos de apoio para o Hydrogen BC. “Para que a Colúmbia Britânica alcance as metas do programa CleanBC, devemos mudar a forma como produzimos e consumimos energia”, disse Bruce Ralston, Ministro de Energia, Minas e Recursos Petrolíferos. “O hidrogênio terá um papel significativo no futuro da energia sustentável da Colúmbia Britânica, gerando benefícios ambientais e econômicos em toda a província”. (BC Gov News – 10.09.2020)

<topo>

5 Iniciativa visa o investimento de bilhões em hidrogênio na Noruega

Erna Solberg, primeira ministra norueguesa, usará regulamentações governamentais e licitações para criar demanda para a produção de hidrogênio em grande escala e estabelecer centros ao longo de toda a costa em colaboração com empresas privadas. (DN Dagens Naeringsliv – 11.09.2020)

<topo>

6 Equipe franco-alemã visa impulsionar a produção de hidrogênio

França e Alemanha juntas pretendem se tornar campeãs mundiais do hidrogênio verde e já planejam montar uma “gigafábrica” com apoio estatal. Mas os dois poderiam bater de frente em relação à energia nuclear. Para o aumento da produção francesa de hidrogênio, o governo prometeu € 7 bilhões ao longo de dez anos, incluindo € 2 bilhões já anunciados na semana passada como parte do programa de recuperação do coronavírus do país. Esses bilhões devem escoar até 2022 e principalmente promover a descarbonização do setor. (Euractiv – 11.09.2020)

<topo>

7 Covid-19 deve acelerar transição do consumo de petróleo para combustíveis limpos

O consumo mundial de petróleo pode ter atingido seu pico e a pandemia da Covid-19 deve acelerar a transição para os combustíveis limpos. As perspectivas foram levantadas pelo relatório anual da petroleira britânica BP sobre o mercado de energia. Um mercado, aliás, que interessa muito ao Brasil — uma vez que a indústria de óleo e gás é uma das principais do país. A empresa com sede em Londres prevê três cenários diferentes para a transição do planeta rumo aos combustíveis menos poluentes. (Jornal Jovem Pan – 14.09.2020)

<topo>

8 Projeto industrial de produção de hidrogênio em Sines (Portugal) deve começar em 2021

Uma candidatura ao Projeto Importante de Interesse Europeu Comum Hidrogênio deverá ser apresentada durante o segundo semestre deste ano e o projeto industrial de produção em Sines (Portugal) começa a concretizar-se em 2021, segundo as Grandes Opções do Plano. “Dar-se-á seguimento dos trabalhos com vista à formação de um consórcio para a instalação de um ‘cluster’ industrial de Hidrogênio Verde em Sines, prevendo-se a apresentação de uma candidatura ao IPCEI [sigla em inglês para Projeto Importante de Interesse Europeu Comum] durante o segundo semestre de 2020 e início dos trabalhos de implementação do projeto durante 2021”, refere o projeto das Grandes Opções do Plano (GOP) para 2021, aprovado na quinta-feira em Conselho de Ministros. (Eco Sapo – 14.09.2020)

<topo>

9 Projeto de hidrogênio apoiado pelo DOE em andamento no Texas

Uma empresa de energia da Califórnia está colaborando com sua controladora e a Universidade do Texas em um projeto do Departamento de Energia dos EUA (DOE) para mostrar que o hidrogênio renovável pode ser um combustível econômico com várias aplicações, incluindo os setores de transporte e geração de energia. A Frontier Energy, com sede em San Ramon, Califórnia, e uma subsidiária da GTI Energy, sediada em Illinois, anunciou em 15 de setembro o lançamento do projeto, conhecido como H2@Scale no Texas. O esforço é apoiado pelo Escritório de Tecnologias de Hidrogênio e Célula de Combustível do DOE, juntamente com o Escritório de Eficiência Energética e Energia Renovável (EERE). (Power Magazine – 15.09.2020)

<topo>

10 O grande “reset” da pandemia faz as empresas de energia investirem mais em energias renováveis

O trauma econômico causado pela pandemia do coronavírus persuadiu as empresas de energia a intensificar os investimentos em energias renováveis, hidrogênio e outras alternativas de baixo carbono, mas os combustíveis fósseis permanecerão dominantes no futuro próximo, disseram executivos do setor. Recuperando-se desde o início da pandemia, o consumo global de petróleo encolheu em mais de 20% no segundo trimestre e os preços atingiram os níveis mais baixos em décadas, fazendo as empresas repensarem a rapidez com que deveriam fazer a transição da dependência do petróleo e do gás. (ETEnergyworld -15.09.2020)

<topo>

11 O hidrogênio verde é a chave para unir progresso econômico e sustentabilidade

“O Brasil poderia se inspirar no exemplo da Alemanha, que adotou o hidrogênio como componente central em sua meta de descarbonização, tendo lançado recentemente uma estratégia nacional para o desenvolvimento da economia com base nesse elemento. O país europeu já vem utilizando, de maneira bem-sucedida e competitiva, processos inovadores que convertem os gases da indústria siderúrgica – ricos em gás carbônico – em matérias primas importantes para a produção de fertilizantes e outros produtos químicos”, afirma Paulo Avarenga em artigo de opinião. (Revista Digital AdNormas – 15.09.2020)

<topo>

12 Mais estações para veículos a células a combustível de hidrogênio alinhadas para San Diego

Por quase quatro anos, houve apenas um posto de abastecimento na área de San Diego para os poucos proprietários de veículos com células de hidrogênio abastecerem seus carros. Mas a Comissão de Energia da Califórnia aprovou $ 39,1 milhões para ajudar a construir 36 novos postos de abastecimento de hidrogênio em todo o estado, com uma parte desse dinheiro indo para quatro novos postos no Condado de San Diego. (The San Diego Union-Tribune – 15.09.2020)

<topo>

13 Absolut Reports realiza análise do mercado hidrogênio incluindo tamanho, participação, principais motivadores, oportunidades de crescimento e tendências de 2020 a 2024

O relatório do mercado global hidrogênio inclui principalmente vendas, receitas, comércio, concorrência, investimento, previsão e marketing do produto e os segmentos aqui incluem empresas, tipos, aplicações, regiões, países, etc. As regiões da indústria de mercado hidrogênio contêm todo o mercado global, especialmente na América do Norte, Europa, Ásia-Pacífico, América Latina e MEA. O objetivo principal do relatório é ajudar o usuário a entender o mercado em termos de definição, segmentação, potencial de mercado, tendências influentes e os desafios que o mercado está enfrentando. (Minho Diário – 16.09.2020)

<topo>

14 SPR revela projeto de hidrogênio verde em Glasgow

A Scottish Power Renewables está desenvolvendo um projeto para desenvolver instalações de produção de hidrogênio verde e estações de reabastecimento perto de Glasgow, na Escócia, apoiadas por energia eólica e um novo parque solar. O projeto “Green Hydrogen for Glasgow” é uma parceria entre a Scottish Power Renewables, a BOC do grupo Linde e a ITM Power, fornecedora de eletrolisadores do Reino Unido, para fornecer uma rede “ponta a ponta” de reabastecimento de hidrogênio verde. (renews.BIZ – 16.09.2020)

<topo>

15 Relatório da National Maritime Foundation sobre o Hidrogênio: A opção de escolha para a Índia

O relatório é a quinta e última parte de um estudo da NMF que defende a adoção do hidrogênio derivado de recursos marítimos renováveis, em vez de hidrogênio derivado de combustíveis fósseis, nos setores portuário e de transportes marítimos da Índia. Essa nova parte do estudo se apoia no que foi demonstrado pelo relatório anterior, segundo o qual, mais do que uma mera especulação teórica, a solução híbrida apontada é uma opção em rápido processo de maturação que pode servir ao setor marítimo como um todo. (Fuel Cells Works – 19.09.2020)

<topo>

16 EERA e Hydrogen Europe Research publicam documento com um conjunto de Indicadores-Chave de Desempenho (KPIs) para tecnologias de hidrogênio

O Grupo de pesquisa representado pelos membros da Hydrogen Europe Research e do Programa de Células de Combustível e Hidrogênio da European Energy Research Alliance (EERA) desenvolveu um documento que inclui novos KPIs (Key Performance Indicators) voltados para tecnologias envolvendo hidrogênio em estágio inicial ou intermediário de maturidade tecnológica. No sentido de preparar as atividades futuras da Parceria Europeia sobre o Hidrogênio, este documento pode representar uma referência para impulsionar a investigação dentro do futuro programa. (Fuel Cells Works – 19.09.2020)

<topo>

17 A Korea Gas Corp. quer ter um papel maior no acordo verde do governo

A Korea Gas Corp. está assumindo um papel de liderança na promoção da indústria de hidrogênio do país e está apoiando a iniciativa do governo do Green New Deal. A empresa promete produzir e comercializar hidrogênio barato a partir de investimentos oportunos na garantia de fontes e em tecnologia. (Fuel Cells Works – 20.09.2020)

<topo>

18 Austrália Ocidental abre chamada pública global para complexo de produção e exportação de hidrogênio verde

O governo da Austrália Ocidental está avaliando o interesse pelo desenvolvimento de um complexo de energia renovável de mais de 1,5 GW para a produção e exportação de hidrogênio verde. Uma chamada global foi lançada pelo governo na sexta-feira para reunir propostas para a Área Industrial Estratégica de Oakajee ao norte da cidade costeira de Geraldton. A área específica, cobrindo cerca de 4.070 acres, seria capaz de acomodar 1.250 MW de energia solar e até 270 MW de capacidade de energia eólica. (Renewables Now – 21.09.2020)

<topo>

19 Whyalla é cotada como o lar do hidrogênio

Whyalla foi apresentada como um potencial local para um hub de hidrogênio que faz parte de um pacote de 1,9 bilhões de dólares do governo australiano. O lobby para que a cidade seja escolhida para a instalação do projeto é do Presidente do Conselho Administrativo da empresa GFG Alliance, o sr. Sanjeev Gupta. De acordo com os planos do sr. Gupta, o hidrogênio tem papel central na transição de sua empresa para a produção de aço com emissão neutra de carbono. (Whyalla News – 21.09.2020)

<topo>

 

 

Tecnologia e Inovação

1 A ‘revolução’ da tecnologia do hidrogênio é esperança ou exagero?

Em seu discurso sobre o planejamento da recuperação econômica, o primeiro-ministro britânico disse que a tecnologia do hidrogênio é uma área liderada pelo Reino Unido. Ele espera que a área crie diversos empregos no futuro. A variedade de veículos movidos a hidrogênio já se estende atualmente de escavadeiras a micro-táxis, caminhões, barcos, vans, ônibus de um andar e agora ônibus de dois andares – e até mesmo pequenos aviões. “Mas, a revolução do hidrogênio é esperança ou exagero?” questiona Roger Harrabin, Analista ambiental da BBC. (BBC News – 01.07.2020)

<topo>

2 Empresa Japonesa e institutos de pesquisa desenvolvem primeiro drone movido a hidrogênio

A Pro Done Co. Ltda, juntamente a Atsumi Tech, Centro de Tecnologia Ambiental do Japão, Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Industrial Avançada do Japão, Agência Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento do Japão e o Instituto de Pesquisa de Materiais Funcionais, apresentou a primeira demonstração de um drone movido a célula a combustível de óxido sólido (SOFC), da Elcogen, que pode voar e funcionar por muito tempo. Eles desenvolveram uma tecnologia de reforma interna que transforma o GLP em hidrogênio ou monóxido de carbono no eletrodo da célula. (Full Cells Works – 28.08.2020)

<topo>

3 A Ballard, empresa Chinesa especializada em soluções para células a combustível, lança a FCgen ® -HPS

A Ballard Power Systems anunciou, no dia 16 deste mês, o lançamento de seu produto FCgen ® -HPS, uma célula a combustível com membrana trocadora de prótons (membrana polimérica) de alto desempenho e emissão zero (PEM), para fornecer propulsão para uma variedade de veículos leves, médios e pesados em uma densidade volumétrica de alta potência, de 4,3 quilowatts por litro (4,3 kW/L). O acontecimento é um marco em dispositivos de alta densidade de potência para Ballard, ao longo das últimas décadas de inovação de produtos de células a combustível PEM. (CISION PR Newswire – 14.09.2020)

<topo>

4 Pesquisadores produzem hidrogênio a partir de biossólidos

Um novo método que usa biossólidos para produzir hidrogênio a partir de águas residuais foi desenvolvido por pesquisadores da Universidade RMIT. A tecnologia usa um material especial derivado de biossólidos para desencadear reações químicas para a produção de hidrogênio a partir do biogás, o que significa que todos os materiais necessários podem ser obtidos no local em uma estação de tratamento de águas residuais, sem a necessidade de catalisadores caros. (H2 View – 15.09.2020)

<topo>

5 Emerson apresenta novo medidor de fluxo para dispensação de hidrogênio de alta pressão

A empresa Emerson apresentou um novo medidor de fluxo Micro Motion Coriolis projetado para aplicações de distribuição de hidrogênio de alta pressão e injeção de produtos químicos, onde a precisão e a segurança da medição são essenciais. O medidor de fluxo Micro Motion Coriolis HPC015 é capaz de uma margem de precisão de fluxo de 0,5% para gás e 0,1% para medição de fluxo de massa líquida, uma melhoria significativa em relação aos medidores existentes. (Green Car Congress -15.09.2020)

<topo>

6 Departamento de Energia Anuncia Prêmio Multiagências para Projeto da Indústria de Desenvolvimento de Veículo de Ajuda em Desastres

O Escritório de Eficiência Energética e Energia Renovável (EERE) do Departamento de Energia dos Estados Unidos (DOE) – em colaboração com o Departamento de Defesa dos Estados Unidos e a Diretoria de Ciência e Tecnologia do Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos – concedeu à Cummins, Inc. aproximadamente US $ 1 milhão federal fundos para desenvolver o H2Rescue, um caminhão com célula de combustível de hidrogênio que viajará para locais de socorro e fornecerá energia, calor e água. (Office of Energy Efficiency & Renewable Energy – 15.09.2020)

<topo>

7 Os pesquisadores desenvolvem um catalisador barato e duradouro para extrair hidrogênio da água

Os pesquisadores desenvolvem um catalisador barato e duradouro para extrair hidrogênio da água Pesquisadores sul-coreanos desenvolveram um eletrocatalisador acessível e de longa duração que pode extrair hidrogênio da água de forma limpa e eficiente, disse um instituto de ciência estatal neste domingo. Uma equipe de pesquisadores liderada por Yoo Sung-jong fez um catalisador especial que pode produzir hidrogênio sem depender da cara platina, disse o Instituto Coreano de Ciência e Tecnologia (KIST).Ele disse que o novo processo também supera as principais deficiências do eletrocatalisador sem base de platina, que sofria de curta duração. (Yonhap News Agency – 20.09.2020)

<topo>

8 Moldes HP-RTM de fechamento automático dão forma a tanques de hidrogênio

O fabricante alemão de ferramentas de moldagem por transferência de resina de alta pressão (HP-RTM) BBG apresentou um conceito de ferramental que permite a fabricação rápida e reproduzível de tanques de hidrogênio modulares compactos, feitos de plástico reforçado com fibra de carbono (CFRP) e que podem ser usados em muitos tipos de veículos. Os módulos do tanque são feitos de plástico reforçado com fibra de carbono (CFRP) e são moldados em moldes de fechamento automático. O processo não requer prensa ou outros equipamentos de produção, como autoclaves para cura. (Plastics Today – 21.09.2020)

<topo>

 

 

Mobilidade

1 SAIC assume grande compromisso com o hidrogênio

O SAIC Group anunciou planos ambiciosos de ter pelo menos dez modelos de veículos com célula de combustível lançados até 2025, bem como 10.000 carros movidos a célula de combustível nas estradas, como parte de sua nova estratégia de hidrogênio. (H2 View – 14.09.2020)

<topo>

2 Haskel Hydrogen Systems e ATCO trabalham juntas para aumentar a mobilidade do hidrogênio

O contrato é para fornecer sistemas de reabastecimento totalmente embalados para o projeto ATCO e Fortescue H2 Refueller. O projeto H2 Refueller já é apoiado pelo Governo da Austrália Ocidental para sua expansão da mobilidade do hidrogênio. O projeto está focado na concepção e construção da primeira estação de reabastecimento H2 da Austrália Ocidental. (Hydrogen Fuel News – 14.09.2020)

<topo>

3 Célula a combustível já é uma tecnologia produzida e exportada

Hyundai começa a exportar esse tipo de tecnologia para a Europa e planeja fabricá-la em enormes quantidades até 2030. Nesse primeiro momento, as células de combustível da Hyundai são destinadas a empresas fora do ramo automotivo, incluindo a suíça GRZ Technologies, de soluções de hidrogênio. Embora nem todos os fabricantes de veículos invistam na célula de hidrogênio, muitos deles consideram essa tecnologia como fundamental para o futuro do automóvel. (Autopapo – 15.09.2020)

<topo>

4 Hyundai lança campanha para destacar a sua liderança na tecnologia de Fuel Cell

Como parte da sua visão para facilitar o ‘Progress for Humanity’, a Hyundai Motor Company lança a campanha Hydrogen to You, ou H2U, que irá aumentar a notoriedade relativamente à sua liderança na tecnologia Fuel Cell e sensibilizar para o seu papel vital no ecossistema emergente da mobilidade, infraestruturas e estilos de vida sustentáveis. (15.09.2020)

<topo>

5 Os gigantes do petróleo da Ásia estão planejando um futuro com menos petróleo e mais hidrogênio

A Indian Oil Corporation – empresa que vende quase metade dos derivados de petróleo da Índia – implantará 50 ônibus pela capital movidos a uma mistura de hidrogênio e gás natural comprimido, disse o presidente Shrikant Madhav Vaidya. A frota atenderá o público e poderá começar a rodar ainda este ano, potencialmente criando um novo mercado para um produtor que está tentando se recuperar de sua primeira perda anual. (The Economic Times – 16.09.2020)

<topo>

6 Talgo apresenta sistema de propulsão para veículos ferroviários à base de hidrogênio

A Talgo apresentou esta quarta-feira na Don Benito, em Badajoz, o seu sistema de propulsão para veículos ferroviários a hidrogénio, uma alternativa verde, inovadora e eficiente à substituição das locomotivas diesel. O projecto foi apresentado no quadro da primeira Coferência do Hidrogênio como vector de desenvolvimento socioeconómico do Sudoeste Ibérico (SOl H2). O evento, que é presencial e também online, contou com a presença de Emilio Garcia, Diretor de Inovação da Talgo. (Fuel Cells Works – 16.09.2020)

<topo>

7 Ônibus de Glasgow serão verdes em novo projeto de combustível de hidrogênio limpo

Um projeto com energia para abastecer mais de 51.000 ônibus por ano com hidrogênio limpo está definido para prosseguir nos próximos seis meses após a formação de uma nova parceria de energia verde. O braço de energias renováveis da ScottishPower uniu forças com o BOC e a ITM Power para lançar a parceria Green Hydrogen for Scotland que oferece uma solução de mercado “ponta a ponta” para alimentar veículos maiores não adequados para tecnologias de veículos elétricos (EV). Seu primeiro projeto, Green Hydrogen for Glasgow, verá a construção de uma nova unidade de produção perto de Whitelee Windfarm, onde a ScottishPower adicionará 35 MW extras aos atuais 539 MW de capacidade. (The Herald – 17.09.2020)

<topo>

8 Luz verde para o projeto de energia de hidrogênio de Nottinghamshire

A permissão de planejamento foi garantida hoje para um esquema inovador de energia de hidrogênio sustentável em Nottinghamshire, considerado o primeiro de seu tipo no Reino Unido. A ser localizado na Featherstone House Farm, em Bilsthorpe, o desenvolvimento apresenta um eletrolisador de 1,25 megawatt dentro de um edifício baseado em um complexo seguro que será adjacente a parques solares e uma turbina eólica já na fazenda. (H2 View – 18.09.2020)

<topo>

9 Investir em trens de hidrogênio colocará a recuperação verde do Reino Unido em um caminho rápido

O governo do Reino Unido está enfrentando desafios sem precedentes no momento, mas seu compromisso de atingir zero emissões até 2050 continua urgente como sempre – e está claro que o público também pensa assim. Pesquisa conduzida pela Climate Assembly UK indica que quase 80% da população do Reino Unido é favorável a um plano de recuperação econômica verde. Nunca houve melhor momento para investir na descarbonização da infraestrutura do Reino Unido – e uma das maiores oportunidades é o transporte. (H2 View – 18.09.2020)

<topo>

10 Por que hidrogênio é considerado o future da mobilidade na Europa

A urgência para levar o país e sua principal indústria, a automotiva, a atender os inevitáveis requisitos de emissões na Europa trouxe para o mesmo palco, esta semana, o principal representante do governo alemão para a área de transportes e o CEO da Daimler. Andreas Scheuer, o ministro dos Transportes e da Infraestrutura da Alemanha, disse que o hidrogênio é uma ótima alternativa para o transporte rodoviário e anunciou que o país vai investir € 4,1 bilhões no desenvolvimento de pontos de abastecimento de hidrogênio verde em forma líquida, que será usada como combustível: “O hidrogênio é mais adequado para longas distâncias e, por isso, além de caminhões e ônibus, temos um planejamento para usar em trens e já estamos discutindo como utilizar em aviões”. (UOL Carros – 18.09.2020)

<topo>

11 Portugal e Holanda assinam acordo para produção de hidrogénio já na próxima semana

O secretário de Estado da Energia, João Galamba, anunciou que o memorando de entendimento entre Portugal e a Holanda para produzir hidrogénio verde em Sines e exportá-lo para o norte da Europa “será formalizado muito em breve”. O ECO/Capital Verde sabe que a assinatura da parceria entre os dois países europeus, que permitirá ao país tornar-se num exportador de hidrogénio produzido por eletrólise, a partir de energia solar fotovoltaica, terá lugar já na próxima semana. (Eco/Capital Verde – 18.09.2020)

<topo>

 

 

Eventos

1 H2IQ hour 29 de setembro: como a manufatura avançada está ajudando a atender às necessidades de hidrogênio e células de combustível

No dia 29 de setembro às 12h (Nova Iorque GMT-04h00), ocorrerá o Webinar H2IQ hour: Advancing Hydrogen and Fuel Cell Manufacturing (Avanço na fabricação de hidrogênio e células a combustível) que destacará os esforços de P&D que abordam o spaço da missão compartilhada da AMO (Advanced Manufacturing Office) e da HFTO, incluindo projetos H2@Scale recentemente selecionados focados na melhoria dos processos de fabricação para tecnologias de produção de hidrogênio. Os gerentes de tecnologia da AMO também discutirão outros projetos de P&D que abordam os principais desafios transversais e barreiras associados a eletrolisadores, materiais compostos avançados para armazenamento de gás hidrogênio comprimido, processos roll-to-roll e outros. A apresentação irá considerar oportunidades futuras de colaboração entre as comunidades de P&D de fabricação avançada e células de combustível. (Office of Energy Efficiency & Renewable Energy – 14.09.2020)

<topo>

2 GESEL terá participação no 1º Congresso Brasil-Alemanha de Hidrogênio Verde

O 1º Congresso Brasil-Alemanha de Hidrogênio Verde ocorrerá nos dias 5 a 6 de outubro a partir das 9h, o evento será online e totalmente gratuito. Serão feitas apresentações e painéis de discussão com representantes de governo, empresas, comunidade científica e sociedade civil, o congresso online tem como intuito apresentar questões técnicas, fomentar o networking, identificar oportunidades e estabelecer cooperações. Como resultado, espera-se obter um compromisso entre os principais stakeholders para um melhor aproveitamento local das oportunidades oriundas do Hidrogênio Verde e da relação Brasil-Alemanha. O evento contará com a presença de Manfredo Rübens (Presidente da BASF América do Sul e da Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo); Heiko Thoms (Embaixador da República Federal da Alemanha); Thiago Barral [Presidente do EPE (Empresa de Pesquisa Energética)]; André Clark (CEO da Siemens Energy); Bernd dos Santos Mayer (Consultor de Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável da Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo); Ansgar Pinkowski (Gerente de Inovação e Sustentabilidade da Câmara Brasil-Alemanha do Rio de Janeiro); Paulo Alvarenga (CEO da thyssenkrupp); Nivalde de Castro (GESEL (Grupo de Estudos do Setor Elétrico) – Instituto de Economia da UFRJ); Prof. Dr.-Ing. Sterner (Head of Department – Ostbayerische Technische Hochschule); Antonio Roberto Cortes (CEO da MAN Latin America); Hanno Erwes (Diretor Executivo da AHK Rio); Monica Saraiva Panik [Director Institutional Relations ABH2 (Brazilian Hydrogen Association)]. (AHK Brasil – Setembro 2020)

<topo>

 

 

Artigos e Estudos

1 Visão do hidrogênio da União Europeia: Oportunidades e desafios regulatórios

Em artigo publicado pelo The Oxford Institute for Energy Studies, Alex Barnes e Katja Yafimava fazem uma breve revisão dos principais aspectos da Estratégia de Hidrogênio e concluiu que a Estratégia cobre “todas as possibilidades potenciais para o hidrogênio na transição energética”, incluindo tanto o hidrogênio renovável (também conhecido como “verde”) quanto o hidrogênio de baixo carbono (incluindo o hidrogênio do gás natural onde o carbono é capturado). A Estratégia deixa claro que o hidrogênio renovável é a prioridade como o jogo final, mas reconhece que outras formas de hidrogênio de baixo carbono terão um papel a curto e médio prazo. A Estratégia é significativamente mais acessível e detalhada sobre hidrogênio renovável, ao invés de baixo carbono. Esta visão se concentra na visão da Comissão para o tratamento regulamentar do hidrogênio com baixo teor de carbono e renováveis e como isso pode se traduzir em futuras iniciativas legislativas da UE. (The Oxford Institute for Energy Studies – Setembro 2020)

<topo>

2 Daimler apresenta caminhão a hidrogênio

O ministro de Transportes e Infraestrutura da Alemanha, Andreas Scheuer, foi o convidado de honra na apresentação, ontem, em Berlim, do protótipo do primeiro caminhão da Daimler com motor elétrico movido a células de hidrogênio. A presença de uma autoridade em evento no qual a indústria automobilística demonstra interesse no desenvolvimento de energias limpas ganha relevância num momento em que a União Europeia aperta o cerco em torno das regras de emissões de poluentes. (Valor Econômico – 17.09.2020)

<topo>

3 Como as células a combustível podem tornar uma rede elétrica mais confiável

“Os californianos merecem muito crédito por conservar energia durante mais uma onda de calor recorde durante o fim de semana do Dia do Trabalho. Foi um ótimo exemplo de como a conservação pode reduzir a demanda o suficiente para evitar interrupções de energia como as que vimos no mês passado”, disse Yuri Freedman em artigo de opinião. Num cenário como esse aproveitar as vantagens de tecnologias como células a combustível, que geram energia local sem necessidade da rede elétrica pode ser uma solução para tornar a rede elétrica mais confiável. (Redland Daily Facts – 19.09.2020)

<topo>


Equipe de Pesquisa UFRJ
Editor: Prof. Nivalde J. de Castro (nivalde@ufrj.br)
Subeditores: Diogo Salles, Fabiano Lacombe e Sayonara Andrade Elizário
Pesquisadores: Allyson Thomas e
Kalyne Silva Brito 
Assistente de pesquisa: Sérgio Silva

As notícias divulgadas no IFE não refletem necessariamente os pontos da UFRJ. As informações que apresentam como fonte UFRJ são de responsabilidade da equipe de pesquisa sobre o Setor Elétrico, vinculada ao NUCA do Instituto de Economia da UFRJ.

Para contato: ifes@race.nuca.ie.ufrj.br

POLÍTICA DE PRIVACIDADE E SIGILO
Respeitamos sua privacidade. Caso você não deseje mais receber nossos e-mails,  Clique aqui e envie-nos uma mensagem solicitando o descadastrado do seu e-mail de nosso mailing.


Copyright UFRJ

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 



 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: