IFE.UHR 01 (Teste)

Informativo Eletrônico – Usinas Reversíveis nº 01 (teste) – publicado em 15 de abril de 2020.

IFE: Informativo Eletrônico do Setor Elétrico – GESEL-UFRJ <!–

l

IFE: nº 01 (TESTE) – 15 de abril de 2020
http://gesel.ie.ufrj.br/
gesel@gesel.ie.ufrj.br
lEditor: Prof. Nivalde J. de Castro

Índice

Licenciamento
1
Comissão regulatória dos EUA concede permissão para projeto de 1.5GW em UHR no Arizona
2 Comissão regulatória dos EUA concede permissão preliminar para projeto de 2.2GW no Arizona
3 Comissão regulatória dos EUA concede permissão para projetos em UHR no Oregon
4 Projeto na Austrália inclui usina reversível de 1GW
5 Altura propõe 1GW de projetos hidrelétricos bombeados na Austrália
6 Proposta de energia hidrelétrica Walker Lake obtém uma licença preliminar
7 Comissão regulatória dos EUA concede permissão preliminar para projeto de 2GW em UHR em Nevada

Políticas Públicas
1 ARENA escolhe projeto de hidrelétrica reversível para receber US$ 40 milhões
2 Comissão da Califórnia planeja dobrar capacidade em UHR
3 Andra Pradexe planeja instalações de usinas hidrelétricas reversíveis
4 Hidrelétricas reversíveis estão voltando na Índia
5 Jamaica avalia adoção de usinas reversíveis

Empresas
1 Companhias australianas abandonam projeto em UHR
2 Holding planeja vender participação em projeto de UHR de 420MW
3 Genex Power assina contrato de serviço de armazenamento de energia na Austrália

Artigos e Estudos
1 Artigo: “Estratégia de gerenciamento de energia otimizada para sistema de armazenamento duplo conectado à rede alimentado por recursos de energia renovável”
2 IIASA: estudos indicam potencial de UHR para armazenamento de longo prazo
3 Artigo: “Mudanças climáticas e as usinas hidrelétricas reversíveis”
4 EPE aponta 15 hidrelétricas reversíveis em potencial no Rio de Janeiro

5 Relatório: “Mercado de armazenamento de energia hidrelétrica bombeada (PHES) 2020-2026”


 

 

 

 

Licenciamento

1 Comissão regulatória dos EUA concede permissão para projeto de 1.5GW em UHR no Arizona

A usina reversível “Salt River Project Indian Spring”, localizada no Arizona, com capacidade estimada de 1500MW recebeu permissão preliminar da Comissão Regulatória da Energia dos Estados Unidos para realizar estudo de viabilidade. A projeção do projeto é de uma geração de anual média de 3.285GWh. (Hydro Review – 20.01.2020)

<topo>

2 Comissão regulatória dos EUA concede permissão preliminar para projeto de 2.2GW no Arizona

A Comissão Regulatória da Energia dos Estados Unidos concedeu, no dia 14 de janeiro, permissão preliminar para o projeto da usina reversível “Navajo Energy Storage Station”, com capacidade estimada de 2200MW, localizado no Arizona. O projeto que tem um custo estimado de $3.6 bilhões e deverá utilizar infraestrutura de transmissão pré-existente. (Water Power Magazine – 21.01.2020)

<topo>

3 Comissão regulatória dos EUA concede permissão para projetos em UHR no Oregon

Duas companhias receberam permissão da Comissão Regulatória da Energia dos Estados Unidos para projetos reversíveis no Oregon. A Freedom Works LLC e a Owyhee Energy Storage LLC passam a para a fase de estudo de viabilidade de seus projetos, sendo a primeira responsável pelo reversível Ulysses, de 4000MW, e a segunda pela reversível Owyhee, de 600MW. (Hydro Review – 07.02.2020)

<topo>

4 Projeto na Austrália inclui usina reversível de 1GW

O projeto “Urannah Water Scheme”, cuja construção proposta seria localizada no estado de Queensland, inclui uma barragem, dois oleodutos, um esquema de irrigação agrícola e uma usina reversível de 1000MW de capacidade. Segundo a empresa responsável, o projeto proveria segurança hídrica e reduziria o preço da energia, além de gerar quase 1200 empregos durante a construção do empreendimento e, posteriormente, mais 650 durante a fase de operação. (Hydro Review – 13.02.2020)

<topo>

5 Altura propõe 1GW de projetos hidrelétricos bombeados na Austrália

O Grupo Altura propõe o desenvolvimento de três locais de armazenamento de energia hidrelétrica por bombeamento na costa leste da Austrália, que também estão próximos de fortes conexões de transmissão, abundantes recursos renováveis e centros de carga. O modelo do Grupo Altura é para sistemas hidrelétricos de bombeamento fora do rio, fornecendo até 400 MW em 8 horas, ou 4.800MWh de armazenamento, totalizando mais de 1 GW em capacidade PHES que estaria pronta para implantação em meados da década de 2020. As propostas são para Queensland, Nova Gales do Sul e Victoria Ocidental. O grupo espera que todos os três novos projetos estejam prontos dentro dos próximos dois anos. (PV Magazine – 02.03.2020)

<topo>

6 Proposta de energia hidrelétrica Walker Lake obtém uma licença preliminar

Uma proposta de bombear água do Walker Lake de Nevada para gerar energia hidrelétrica para vender na Califórnia obteve aprovação preliminar da Comissão Federal de Regulamentação de Energia (FERC). A licença não autoriza os desenvolvedores a remover sujeira ou construir qualquer coisa no local proposto, mas dá aprovação à Premium Energy Holdings para continuar estudando a ideia. O porta-voz da FERC, Celeste Miller, afirma que o projeto terá prioridade de três anos sobre o site. A Premium Energy diz que o projeto pode gerar 2.000 megawatts de capacidade que podem ser conectados à rede. Mas, em Nevada, a ideia está gerando oposição generalizada de pessoas nativas, pessoas não nativas no Condado de Mineral e grupos ambientais. (Reno Gazette Journal – 06.03.2020)

<topo>

7 Comissão regulatória dos EUA concede permissão preliminar para projeto de 2GW em UHR em Nevada

O projeto de usina reversível “MW Walker Lake”, da companhia Premium Energy Holdings LLC, recebeu permissão preliminar da Comissão Regulatória da Energia dos Estados Unidos. O projeto proposto de 2000MW de capacidade seria localizado no estado de Nevada e seria composto por três reservatórios. (Hydro Review – 09.03.2020)

<topo>

 

 

 

Políticas Públicas

1 ARENA escolhe projeto de hidrelétrica reversível para receber US$ 40 milhões

A Agência Australiana de Energia Renovável (ARENA) diz que escolheu seu projeto de hidrelétrica reversível preferido no sul da Austrália para uma doação de até US$ 40 milhões, mas não anunciará a escolha até que as negociações sejam concluídas. O programa provavelmente será um dos seus últimos compromissos de financiamento porque está ficando sem fundos – a menos que o governo federal reinicie seus cofres como parte de seu plano de “soluções tecnológicas” que poderá ser apresentado nas próximas semanas. (Renew Economy – 26.02.2020)

<topo>

2 Comissão da Califórnia planeja dobrar capacidade em UHR

A California Public Utilities Commission (CPUC), agência reguladora responsável pelos serviços públicos no estado, propôs a adoção da meta de 46 milhões de toneladas para emissões de gases do efeito estufa emitidos pelo setor elétrico até 2030. A decisão da agência inclui ainda o portfólio ótimo para atingir esse objetivo, o qual inclui a triplicação da capacidade instalada de baterias e a duplicação da capacidade de UHR. (Utility Dive – 27.02.2020)

<topo>

3 Andra Pradexe planeja instalações de usinas hidrelétricas reversíveis

Com o objetivo de equilibrar energia renovável variável, estabilidade da rede e atender à demanda de energia de pico, o departamento de Energia do Estado Andra Pradexe planeja promover o estabelecimento de projetos de usinas hidrelétricas reversíveis (UHR). A proposta faz parte da política de exportação de fontes renováveis preparada pelo governo para promover e facilitar os investimentos em energia renovável no Estado indiano. De acordo com autoridades, 30 locais em potencial (4 no rio e 26 fora do rio) foram identificados para estabelecer UHRs. O potencial total estimado de projetos de UHR no Estado é de 33.240 MW (30.140 MW em locais fora do rio e 3.100 MW em locais no rio). (New Indian Express – 16.03.2020)

<topo>

4 Hidrelétricas reversíveis estão voltando na Índia

A Índia será o país com maior necessidade de flexibilidade energética nas próximas décadas, como resultado de sua crescente demanda por energia e das ambiciosas metas de energia renovável do país. Assim, políticas de estímulo darão ímpeto ao grande volume de armazenamento indiano, e o armazenamento bombeado pode ser parte integrante dessa jornada. Uma recente licitação da Corporação de Energia Solar da Índia (SECI) exigia potência máxima garantida de manhã e à noite, quando a maioria das pessoas consome energia. O grupo Greenko, com armazenamento hidrelétrico reversível, ganhou 75% da capacidade ofertada com uma tarifa de pico + fora de pico de Rs. 4,07 (US$ 0,054). Esta é a tarifa mais barata de renováveis-com-armazenamento da história, em qualquer lugar do mundo. (Energy Storage News – 23.03.2020)

<topo>

5 Jamaica avalia adoção de usinas reversíveis

A Jamaica está estudando a implementação de um projeto de sistemas hidrelétricos e de água de armazenamento bombeado para garantir o fornecimento em meio aos déficits projetados. O primeiro-ministro Andrew Holness fez o anúncio durante um discurso aos legisladores como parte do debate orçamentário de 2020-21. (Bnamericas – 23.03.2020).

<topo>

 

 

 

Empresas

1 Companhias australianas abandonam projeto em UHR

A empresa de energia AGL e a mineradora Hillgrove Resources Limited abandonaram seus planos para um projeto de usina reversível na mina de cobre de Kanmantoo, no sul da Austrália. Segundo comunicado da AGL, ambas as companhias teriam concordado em não levar o projeto adiante, uma vez que determinadas condições preestabelecidas não haviam sido satisfeitas. (Water Power Magazine – 21.02.2020)

<topo>

2 Holding planeja vender participação em projeto de UHR de 420MW

O Public Service Enterprise Group (PSEG), empresa americana do setor de energia, chegou a um acordo para vender sua participação no projeto reversível de Yards Creek (400MW) que possui em conjunto com FirstEnergy. O projeto é localizado em Nova Jersey, nos Estados Unidos. A venda reflete a estratégia de transição da empresa rumo a um modelo de negócio com fluxos de caixa mais previsíveis. (Hydro Review – 28.02.2020)

<topo>

3 Genex Power assina contrato de serviço de armazenamento de energia na Austrália

No dia 30 de março, a Genex Power firmou um contrato para prestação de serviços de armazenamento de energia com uma das maiores companhias de energia da Austrália, a EnergyAustralia. Com isso a empresa passa a operar uma usina hidrelétrica reversível de 250MW previstos. Mais informações do projeto podem ser encontradas clicando aqui. (PV Magazine Australia – 30.03.2020)

<topo>

 

 

 

Artigos e Estudos

1 Artigo: “Estratégia de gerenciamento de energia otimizada para sistema de armazenamento duplo conectado à rede alimentado por recursos de energia renovável”

Este artigo apresenta um sistema de armazenamento duplo conectado à rede que consiste em usina hidrelétrica reversível (UHR) e bateria. O sistema possui fornecimento de energia fotovoltaica e turbinas eólicas. No sistema híbrido proposto, as baterias absorvem o excesso de energia renovável que não pode ser armazenada na UHR e cobrem cargas que não podem ser fornecidas pela turbina de água. Para melhorar o desempenho do sistema, é proposta uma nova estratégia de gerenciamento de energia para o armazenamento duplo. A localização considerada neste estudo é da estação UHR na montanha Attaqa, em Suez (Egito). Os resultados indicam a eficácia da estratégia de gerenciamento de energia proposta para o sistema de armazenamento, sob a perspectiva econômica e ambiental. (Science Direct – 01.02.2020)

<topo>

2 IIASA: estudos indicam potencial de UHR para armazenamento de longo prazo

De acordo com um estudo do Instituto Internacional de Análise de Sistemas Aplicados (IIASA), as Usinas Hidrelétricas Reversíveis Sazonais poderiam fornecer uma maneira acessível de armazenar energia renovável a longo prazo, preenchendo uma lacuna necessária para apoiar a transição para energias renováveis intermitentes. Ainda segundo o estudo, os custos de longo prazo de armazenamento nessas usinas variam entre US$1,8 e US$50/MWh. Enquanto isso, o potencial mundial estimado de armazenamento de energia abaixo de um custo de US$50/MWh é de 17,3PWh, que representa cerca de 79% do consumo mundial de eletricidade em 2017. (Hydro Review – 21.02.2020)

<topo>

3 Artigo: “Mudanças climáticas e as usinas hidrelétricas reversíveis”

Atualmente, a energia hidrelétrica enfrenta um problema adicional devido às mudanças climáticas. Alguns países estão vivenciando fortes secas, e os reservatórios de água estão secando. Essa é uma grande preocupação para países do sul e do leste da África. Países mais ricos também foram atingidos, como Espanha e nos Estados Unidos, especificamente a Califórnia. Nesses países, a escassez de energia fornecida pelas usinas hidrelétricas foi traduzida em maior uso de combustíveis fósseis na geração, implicando em maior emissão de CO2. Nesse contexto, Eva Hernández, chefe do programa de água e agricultura do WWF-Espanha, defendeu que o foco não deveria ser a construção de mais usinas, mas melhorar as existentes. Diante disso, destacou o espaço que as usinas hidrelétricas reversíveis possuem nesse cenário. Em última análise, especialistas destacam um abastecimento energético mais ecológico como a solução para o futuro, pois quanto mais cedo se parar de queimar combustíveis fósseis, mais estável será o clima do planeta. (DW – 05.03.2018)

<topo>

4 EPE aponta 15 hidrelétricas reversíveis em potencial no Rio de Janeiro

As hidrelétricas reversíveis podem ser utilizadas futuramente pelo governo brasileiro como opção para expansão da geração. Nesse sentido, foi produzido pela EPE, um primeiro estudo preliminar para a identificação no mapa dessas usinas no estado do Rio de Janeiro, revelando a existência de 15 projetos com potencial de desenvolvimento. A capacidade instalada soma pouco mais de 21 GW. A segunda etapa irá levantar aspectos como arranjo dos projetos, avaliação de impactos e custos de implantação. A parte final do conjunto de inventário de usinas hidrelétricas reversíveis compreende o detalhamento dos empreendimentos selecionados. Além do inventário no Rio, estudo semelhante será feito no estado de São Paulo. (Agência CanalEnergia – 11.03.2020)

<topo>

5 Relatório: “Mercado de armazenamento de energia hidrelétrica bombeada (PHES) 2020-2026”

O relatório do mercado de armazenamento de energia hidrelétrica bombeada (PHES) fornece informações detalhadas sobre os principais fatores, oportunidades, desafios, tendências do setor e seu impacto no mercado, dentre outros elementos. Este relatório de pesquisa também inclui ênfase no histórico, junto com as vendas esperadas do segmento de mercado e as taxas de crescimento esperadas. Os principais elementos que impulsionam e influenciam os dados e análises do mercado em crescimento são derivados de uma combinação de fontes primárias e secundárias. (Foka Nieuws – 17.03.2020)

<topo>


Equipe de Pesquisa UFRJ
Editor: Prof. Nivalde J. de Castro (nivalde@ufrj.br)
Subeditor: Diogo Salles
Pesquisadores: Ana Católico e Fabiano Lacombe
Assistentes de pesquisa: Sérgio Silva e Thiago Campos.

As notícias divulgadas no IFE não refletem necessariamente os pontos da UFRJ. As informações que apresentam como fonte UFRJ são de responsabilidade da equipe de pesquisa sobre o Setor Elétrico, vinculada ao NUCA do Instituto de Economia da UFRJ.

Para contato: ifes@race.nuca.ie.ufrj.br

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

POLÍTICA DE PRIVACIDADE E SIGILO
Respeitamos sua privacidade. Caso você não deseje mais receber nossos e-mails,  Clique aqui e envie-nos uma mensagem solicitando o descadastrado do seu e-mail de nosso mailing.


Copyright UFRJ

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 



 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: